O que está por trás das queimadas, por Marcel Beiner

O que está por trás das queimadas, por Marcel Beiner

 A Amazônia, a maior floresta tropical do mundo, está em chamas e é preciso irmos fundo na origem desse problema. 

Esse texto pretende explorar os aspectos mais complexos por trás da notícia. Então vamos lá:

imagem NASA

(Imagem acima: NASA, as imagens de satélite já revelam que a fumaça formou um corredor sobre a Amazônia e está se espalhando pelo Brasil)

São muitos dados que explicam os motivos destas queimadas estarem acontecendo: O Brasil tem a terceira maior área de produção agropecuária do mundo, só ficando atrás da china e dos eua. São 245 milhões de hectares destinados as lavouras e as pastagens, que em 30 anos o Brasil perdeu 70 milhões de hectares em florestas e que 29% da amazônia que nos resta é destinada a agropecuária. O que tudo isso quer dizer e qual a relação destes dados com as queimadas? 

As queimadas não são por acaso. São pré-requisitos para que grileiros, fazendeiros e pecuaristas possam aumentar as áreas de plantio de soja (para produção de ração de gado europeu e chinês), pastagem e consequentemente seus lucros. 

https://youtu.be/gxBZmZHxPsA 

Diante deste governo de inaptos, da bancada do boi, da bíblia e da bala, ficou claro que não podemos contar com o bom senso de nossas lideranças políticas para tomar atitudes necessárias e urgentes quanto ao que está ocorrendo neste verdadeiro holocausto ambiental que o Brasil está sofrendo. E pra ser sincero, tá bem puxado lidar com essa realidade. 

A conta não fecha. Para cada 1 milhão de reais ganhos pela pecuária bovina são gerados 22 milhões de custo do impacto ambiental.(https://oglobo.globo.com/economia/para-cada-1-milhao-de-receita-com-pecuaria-extensiva-22-milhoes-de-impacto-ambiental-17490481)

É uma indústria insustentável por tanto motivos que muitas pessoas no Brasil e no mundo estão mudando seus hábitos alimentares e tomando uma atitude em prol da nossa espécie. 


Foi o caso desse que vos escreve. Por achar necessário dar uma resposta individual para as críticas a sociedade de consumo me tornei vegetariano estrito (sem consumir nada de origem animal) fazem 3 anos. Está sendo uma das melhores atitudes que consegui tomar para não me sentir tão impotente perante ao cataclisma ambiental que nos ameaça. 


Porém o processo lento de transformação da sociedade dificulta vermos que ações individuais como a minha fazem sentido. Mas videos, textos e documentários abundantes na internet como o "cowspiracy", ( https://youtu.be/sgj5Z9MZOaI ) têm virado esse jogo e trazendo muitas pessoas a consumirem com mais consciência. E de outra forma, desastres ambientais como a queimada da Amazônia podem também gerar esse efeito transformador, como ocorrido ontem, como relatou a mensagem que recebi da minha amiga Ana:


Seu depoimento enviado por whatsapp me lembrou que, individualmente, há esperanças que podemos sim lutar por um ideal, de fazer algo pela Amazônia e consequentemente por nós mesmos. Pedi pra ela escrever para nós sobre esse sentimento que a motivou a mudar seus hábitos:


"O sentimento que mais me incomoda na vida é o da impotência. É algo que me paralisa e me desespera. Nunca havia sentido impotência em relação às questões ambientais. De certa forma, minhas pequenas atitudes como não dirigir, não desperdiçar água e usar o canudinho de metal, aliados ao voto, me pareciam quase suficientes. Foi preciso um desgoverno, um presidente francês, uma Luísa Mell desesperada e uma Amazônia em chamas pra eu despertar perante minha impotência. Curiosamente a impotência veio seguida algumas horas depois de uma potência de transformação. Decidi que se ninguém vai fazer nada a respeito, o que posso fazer é parar de dar dinheiro pra ruralista. Parar de alimentar um negócio que se alimenta da nossa própria desgraça futura, para muitos presente. Parar de encher o bolso da bancada que mais destrói esse país. A bancada que pôs, junto com a banca evangélica e a bancada da bala, Bolsonaro no poder. Já não vou a Igreja Universal nem tenho arma. Só faltava o último: a carne. Quem sabe assim a impotência diminua e até a saúde, física, mental e espiritual melhore."


Conheço Ana há muitos anos, fui padrinho de seu casamento com meu melhor amigo e nunca imaginei que ela fosse abdicar de comer carne. A potência do senso de urgência nos move!

Felipe Neto, um dos maiores youtubers do Brasil também ficou sensibilizado com as queimadas na Amazônia e surpreendeu muita gente com sua promessa de ficar 1 semana sem comer carne:



Atitudes como estas que eu, a Ana e o Felipe Neto optaram por fazer estão em nosso alcance. Nada mais revolucionário numa sociedade de consumo que optar por consumir com consciência. Dando um passo humilde em direção a sustentabilidade podemos construir a esperança em nós mesmos e só assim possamos ter esperanças que o mundo possa pensar com mais profundidade suas ações. 

Mais do que rezar pela Amazônia, há muito que podemos fazer na prática: compartilhar esse post, consumir alimentos conscientemente (reduzir pode ser um bom primeiro passo, confira a "segunda sem carne" abaixo) e também ir às ruas exigirmos que nossos representantes tomem medidas pela proteção ambiental. Confiram a lista de eventos ao final do post:

Interessado(a)? O projeto "segunda sem carne" do beatle Paul Mccartney é um ótimo primeiro passo para mudarmos nossos hábitos e começarmos a semana de forma mais consciente. Saiba mais em: www.segundasemcarne.com.br

 #AmazoniaNaRua

(Veja o horário das manifestações em defesa do nosso futuro e, caso não encontre em sua cidade, organize uma manifestação!! Atualizado às 10:00 - 22/08/2019)


🌎 Brasília, DF - 23.08 / 17hrs / Rodoviária do Plano (marcha para a Esplanada até o Ministério do Meio Ambiente para tirar aquele ministro de lá! #ForaSalles!)

🌎 Rio de Janeiro, RJ - 23.08 / 17h / Cinelândia 

🌎 São Paulo, SP - 23.08 / 18hrs / MASP

🌎 Salvador, BA - 23.08 / 14h / Pelourinho

🌎 Curitiba, PR - 23.08 / 17:30h / Praça da Mulher Nua

🌎 Londrina, PR - 23.08 / 15h / Calçadão de Londrina

🌎 Atalanta, SC - 23.08 / 9h / Colégio Dr. Frederico Rolla

🌎 Juazeiro do Norte, CE - 23.08 / 17h / Praça do Giradouro

🌎 Manaus, AM - 24.08 / 10h / Praça do Congresso

🌎 Belém, PA - 24.08 / 8h / Praça da República

🌎 Recife, PE - 24.08 / 14h / Rua da Aurora

🌎 Fortaleza, CE - 24.08 / 14h / Gentilândia

🌎 Porto Alegre, RS - 24.08 / 15h / Parque Farroupilha

🌎 Goiânia - 24.08 / 14 hrs / Vaca Brava

🌎 São Luis, MA - 24.08 / 15 hrs / Praça Deodoro

🌎 Vitória, ES - 24.08 / 15h / Pç do Papa

🌎 Campo Grande, MS - 24.08 / 13 hrs / Av. Afonso Pena

🌎 Cuiabá, MT - 24.08 / 16 hrs / Praça Alencastro

🌎 Palmas, TO - 24.08 / Praça Girassóis

🌎 Aracaju, SE - 24.08 / 15h / Pç General Valadão

🌎 Maceió, AL - 24.08 / 14h / Orla

🌎 Foz do Iguaçu, PR - 24.08 / 15h / Av Araucária

🌎 Campinas, SP - 24.08 / 16hrs / Av. Francisco Glicério

🌎 Juiz de Fora, MG - 24.08 / 16h / Pq Halfeld

🌎 Ribeirão Preto, SP - 24.08 / 14 hrs / Av. Francisco Junqueira

🌎 São Carlos, SP - 24.08 / 15h / Praça São Benedito

🌎 Sorocaba, SP - 24.08 / 15h / Pç Coronel F Prestes

🌎 Natal, RN - 24.08 / 15hrs / Midway

🌎 Chapecó, SC - 24.08 / 15h / Pç Coronel Bertaso

🌎 Montes Claros, MG - 24.08 / 13h / Parque Dr Carlos Versiani

🌎 Joinville, SC - 24.08 / 15h / Praça da Bandeira

🌎 Mossoró, RN - 24.08 / 16h / Memorial da Resistência

🌎 Belo Horizonte, MG - 25.08 / 10h /  Praça do Papa 

🌎 Rio de Janeiro, RJ - 25.08 / 14h / Praia de Ipanema

🌎 Florianópolis, SC - 26.08 / 12h / Largo da Catedral

🌎 Santo André, SP - 31.08 / 12 hrs / Prefeitura


O mundo inteiro com a gente!! 🌎🌎🌎🌎🌎🌎

🇪🇸 Madrid, Espanha - 23.08 / 12h / Embaixada do Brasil

🇪🇨 Quito, Equador - 23.08 / 14h / Embaixada do Brasil  

🇵🇪 Lima, Peru - 23.08 / 14h30 / Consulado do Brasil

🇩🇪 Kempten, Alemanha - 23.08 / 13h / St. George´s Hall  

🇪🇸 Salamanca, Espanha - 23.08 / 19h / Plaza Mayor

🇪🇸 Pamplona, Espanha - 23.08 / 17h30 / Plaza del Castillo

🇮🇹 Turim, Itália - 23.08 / 17h / Piazza Castello  

🇺🇾 Montevideo, Uruguay - 23.08 / 17h / Embaixada do Brasil

🇬🇹 Guate, Guatemala - 23.08 / 12h30 / Embaixada do Brasil

🌎🌳🌱🌺🐜🐜🐜💦 Chegou a hora de transformar as coisas!


#AmazoniaFicaBolsonaroSai

#ForaSalles

#MudarOSistemaNãoOClima

#AgronegocioMata

#SangueIndigenaNenhumaGotaAMais

#ÁguaNãoÉMercadoria 🌎🌳🌱🌺🐜🐜🐜💦 


(para incluir a manifestação de sua cidade na lista que estamos disparando, envie para (61) 99932-5440)

Marcel Beiner é jornalista, músico, produtor audiovisual, militante político, e contribui na Coluna Deep News para o site Vem pra Massa. Para ler e conhecer confira em:

https://vempramassa.com/deep-news/deep-news-amazonia-consumida/

E você? o que achou desse conteúdo? Comenta aqui, sua opinião é importante para nós :)



 


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos